Competição de Longas-Metragens:

Melhor Longa-Metragem – Grande Prémio RTP
O Conto da Princesa Kaguya – Isao Takahata (Japão)

O Conto da Princesa Kaguya, dos estúdios Ghibli, é o impressionantemente bonito culminar de décadas de contemplação do seu realizador e co-fundador dos estúdios Ghibli, Isao Takahata.
Encontrada dentro de uma cana de bambu brilhante, uma menina minúscula transforma-se numa jovem requintada, criada por um idoso cortador de bambu e a sua mulher.
Do campo à grande capital, mesmo invisível, ela cativa todos os que a encontram, inclusive cinco pretendentes nobres. Acabará por ter que encarar o seu destino, o castigo pelo seu crime.


Menções Honrosas
Giovanni’s Island – Mizuho Nishikubo (Japão)
Lisa Limone e Maroc Orange – Mait Laas (Estónia)
Jack and the Cuckoo Clock Heart – Mathias Malzieu e Stephane Berlá (França)

Prémio do Público
Ovelha Choné – Mark Burton e Richard Starzak (Reino Unido)

Melhor Filme para a Infância e Juventude
Shaun the Sheep – Mark Burton e Richard Starzak (Reino Unido)

Melhor Banda Sonora
Song of the Sea – Tomm Moore (Irlanda)

Prémio Especial do Júri
Song of the Sea – Tomm Moore (Irlanda)

 

Competição de Curtas-Metragens:

Melhor Curta-Metragem Internacional – Grande Prémio RTP
Man on the Chair – Dahee Jeong (França)

Menções Honrosas
Tick Tack – Ülo Pikkov (Estónia)
Nuggets – Andreas Hykade (Alemanha)

Prémio do Público – Prémio Nescafé Dolce Gusto
We Can’t Live Without Cosmos – Konstantin Bronzit (Rússia)

Melhor Filme Experimental
É In Motion No.2 – Sumito Sakakibara (Japão)

Prémio Especial do Júri
Fuligem – David Doutel e Vasco Sá (Portugal)

 

 

Competição Portuguesa:

Melhor Curta-Metragem Portuguesa – Prémio SPA | Vasco Granja
Fuligem – David Doutel e Vasco Sá

Menções Honrosas
Os Prisioneiros – Margarida Madeira
O Cantos dos 4 Caminhos – Nuno Amorim
Prémio do Público
Fuligem – David Doutel e Vasco Sá

 

Competição MONSTRINHA:

Menções Honrosas
3 aos 6 – Historia de um Urso – Gabriel Osorio Vargas (Chile)
7 aos 12 – O Elefante e a Bicicleta – Olesya Shchukina (França)
+ de 13 – O Presente – Jacob Frey (Alemanha)
Pais e Filhos – Lambs – Gottfried Mentor (Alemanha)

Prémio do Publico Monstrinha
3 aos 6 – Lune et le Loup – Toma Leroux, Patrick Delage (França)
7 aos 12 – O Elefante e a Bicicleta – Olesya Shchukina (França)
+ de 13 – O Presente – Jacob Frey (Alemanha)

Melhor Filme Monstrinha
A Single Life – Job, Joris e Marieke (Holanda)

 

Competição Cinema Mais Pequeno do Mundo:

Amendoim de Bronze
The Evening Cigarette – Matthieu Van Eeckhout (França)

Amendoim de Prata
Bolas! ET’s Outra Vez?! – Bruno Caetano (Portugal)

Amendoim de Ouro
Supervenus – Frederic Doazan (França)

 

Competição de Estudantes – Júri Junior:

Menções Honrosas
Mend and Make Do – Bexy Bush (Reino Unido)

There’s a Man in the Woods – Jacob Streilein (EUA)
Tele-Sofia – Ana Fernandes, Manuel Sá e Nuno Mendanha

Melhor Filme Português
Que Dia É Hoje – Colectivo Fotograma 24 e 24 Jovens de Montemor-o-Novo (Portugal)

Melhor Filme Internacional
This Is How It Starts – Shahaf Ram (Israel)


Competição de Estudantes – Júri Sénior:

Menções Honrosas
This Is How It Starts – Shahaf Ram (Israel)
Tale – Bertoli Attila (Hungria)
La Fenetre – Barrère, Blondeel, Corcho, Leroi, Proust, Riviére, Tapare (França)

Prémio do Publico – Prémio Bebidas de Cereais Nestlé
Tale de Bertoli Attila (Hungria)

Melhor Curta de Estudantes Portuguesa – Prémio Carl Zeiss Vision
Tele-Sofia de Ana Fernandes, Manuel Sá e Nuno Mendanha

Melhor Curta de Estudantes Internacional – Prémio Carl Zeiss Vision
Mend and Make Do – Bexy Bush Bush (Reino Unido)

 

Competição de Curtíssimas:

Menções Honrosas
Macondo – Zilai Feng (EUA)
Deskloop – Evelien Lohbeck (Holanda)

Melhor Curtíssima Portuguesa – Prémio FNAC
Home Dog – Emanuel Barros

Melhor Curtíssima Internacional
Cupidiculous – Panop Koowat (EUA)