RETROSPETIVA SATOSHI KON   

Quinta 21 | 22H00 | Cinema Ideal

PERFECT BLUE   

Japão | 1997 | 83’

Mima Kirigoe é o terceiro membro do grupo de pop feminino líder das tabelas CHAM!, mas quer pôr essa carreira de lado e seguir o sonho de ser atriz. Só que os seus fãs estão céticos sobre esta nova jornada e Mima rapidamente descobre que a transição não será nem tão fácil nem tão divertida como esperava…

Quando consegue um papel num drama de mistério para adultos, a sua vida fica sinistra. Encontra um blog que detalha pormenorizadamente os detalhes íntimos da sua vida. À medida que um assassino começa a atacar as pessoas à sua volta, ilusão e realidade misturam-se e Mima começa a questionar a sua própria identidade… Este é o primeiro filme realizado por Satoshi Kon.

Realização: Satoshi Kon                           

Produção: Madhouse   

Distribuição: Madhouse

Sábado 23 | 22H00 | Cinema Ideal

MILLENNIUM ACTRESS   

Japão | 2001 | 89’

Realização: Satoshi Kon                           

Produção: Madhouse   

Distribuição: Genko

Segunda 25 | 22H00 | Cinema City Alvalade

PADRINHOS DE TÓQUIO

Japão | 2003 | 94’

Natal em Tóquio. Três amigos sem-abrigo descobrem um recém-nascido abandonado no lixo.

Realização: Satoshi Kon, Shôgo Furuya                       

Produção: Madhouse   

Distribuição: Park Circus Group

Quarta 27 | 22H00 | Cinema City Alvalade

PAPRIKA

Japão | 2006 | 90’

Quando é roubada uma máquina que permite aos terapeutas entrar nos sonhos dos seus pacientes, instala-se o caos. Só uma jovem terapeuta conseguirá pôr um travão à situação: Paprika.

Realização: Satoshi Kon                   

Produção: Madhouse   

Distribuição: Park Circus Group


Satoshi Kon, nascido em 1963, em Hokkaido, licenciou-se em design gráfico na Universidade de Arte de Musashino. Começou por escrever e ilustrar manga, publicando, em conjunto com a Kodansha, “Tropic of the Sea”, em 1990, e “World Apartment Horror”, em 1991. Satoshi Kon faz a sua transição para o mundo da animação em 1997, quando realiza a sua primeira longa-metragem “Perfect Blue”. A partir daí, continuou a realizar grandes filmes premiados, como “Millenium Actress”, em 2002; “Tokyo Godfathers”, em 2003; a série televisiva “Paranoia Agent”, em 2004; “Paprika”, em 2006, um filme baseado num romance de Yasutaka Tsutsui; e ainda, “Ohayo”, uma curta-metragem que chegou a  passar na NHK (Japan Broadcasting Corporation), em 2007.  Satoshi Kon morreu aos 46 anos, de cancro no pâncreas, no dia 24 de Agosto de 2010.