Stéphane Aubier e Vincent Patar são dois escritores e realizadores de animação belgas, conhecidos por utilizar várias técnicas de animação: desde o acetato tradicional até à plasticina, passando pelos recortes. Conheceram-se em 1986, enquanto estudavam no Instituto de Belas-Artes de Saint-Luc, em Liège, e ambos se licenciaram em 1991 na Escola Superior de Artes Visuais da Universidade de La Cambre, em Bruxelas – uma conceituada escola de arte europeia. As suas carreiras estão fortemente ligadas desde esse primeiro encontro: os dois partilham um universo desenvolvido ao longo de muitos anos de colaboração.

COWBOYS E ÍNDIOS: O CINEMA DE PATAR E AUBIER THE COWBOYS AND THE INDIANS: THE CINEMA OF PATAR AND AUBIER, Fabrice du Welz, Bélgica, 2018, 68’

HÁ PANICO NA ALDEIA A TOWN CALLED PANIC, Stéphane Aubier, Vincent Patar, Bélgica, Luxemburgo, França, 2009, 75’

ERNEST & CELESTINE, Stéphane Aubier, Vincent Patar, Benjamin Renner, Bélgica, Luxemburgo, França, 2012, 80’