CERIMÓNIA DE ABERTURA

21 Março | CINEMA SÃO JORGE | SALA MANOEL DE OLIVEIRA

  • Estreia em Portugal | Filme-concerto ao vivo “AS QUATRO ESTAÇÕES” – VIVALDI Tokyo University of the Arts Center of Innovation (COI)
    Realização Anna Budanova | Vivaldi, Concerto nº. 1 Primavera Spring Camerata Gareguin Aroutiounian da Escola Superior de Música de Lisboa

AS QUATRO ESTAÇÕES

“As Quatro Estações” são quatro concertos compostos por Antonio Vivaldi, publicados em 1725, como parte do Concurso entre a Harmonia e a Invenção. As suas quatro partes, “Primavera”, “Verão”, “Outono”, e “Inverno”, evocam uma imagética muito rica na mente dos ouvintes. Neste projeto, quatro líderes da animação dão forma visual ao mundo musical de Vivaldi, três séculos depois de ele ter apresentado este seu trabalho ao mundo. A direção artística é de Koji Yamamura e conta com a participação de outros 4 grandes criadores de cinema de animação: Anna Budanova (Primavera); Priit Pärn & Olga Pärn (Verão); Atsushi Wada (Outono); Theodore Ushev (Inverno). As animações neste concerto serão projetadas acompanhando um espetáculo musical e utilizando um sistema de playback de vídeo que comunica com um programa de música de Inteligência Artificial (IA). O programa detecta a posição do que está a ser tocado, comparando o espetáculo em direto a uma referência pré-programada. O programa de IA dá as indicações à parte musical, enquanto que o sistema de playback de vídeo permite ao operador humano assumir o controlo da projeção da animação. Aproveite este vislumbre do futuro da expressão artística de IA com colaboração humana.

Diretor Artístico: Koji Yamamura

Equipa Media: Noriko Koshida, Toshiyuki Kuwabara, Teruyo Uehira, Ryoya Usuha, Ann Yamamoto

 

  • CANADÁ: País Convidado | Presença de Julie Roy Directora do NFB
    Pérolas do programa NFB na MONSTRA 2019
  • Estreia mundial do filme de Regina Pessoa “TIO TOMÁS – A CONTABILIDADE DOS DIAS”

 

TIO TOMÁS – A CONTABILIDADE DOS DIAS | Portugal, França, Canadá, 2019, 13’

A partir das memórias afetivas e visuais da minha infância este filme é uma homenagem ao meu tio Tomás, que foi um homem humilde, um pouco excêntrico e teve uma vida simples e anónima. Mas ele foi importante para mim. Era um homem bom e foi com ele que comecei a desenhar. Uma pessoa não precisa ser genial para ser importante nas nossas vidas.

Direção, Ideia, Storyboard: Regina Pessoa

Música e Design de Som: Normand Roger

Co-Produção: Ciclope Filmes, Portugal, NFB/Canada, Les Armateurs/France

Produtores: Abi Feijó, Julie Roy e Reginald de Guillebon

 

CERIMÓNIA DE ENCERRAMENTO

30 Março | CINEMA SÃO JORGE | SALA MANOEL DE OLIVEIRA

  • Entrega dos Prémios MONSTRA 2019
    Participação Especial de Peter Lord | Presidente dos Emile Awards | Aardman Studios
  • Melhor Filme Português | Prémio SPAutores – Vasco Granja MONSTRA 2019