RAOUL SERVAIS

HOMENAGEM A RAOUL SERVAIS

Sexta 29 | 15H00 | Cinemateca Portuguesa | Sala Luís de Pina

SERVAIS, Rudy Pinceel, Bélgica, 2018, 60’

Documentário realizado por um dos grande documentalistas da região da Flandres Belga. Um documento na primeira pessoa, onde ficamos a conhecer o pensamento, a estética e o humanismo de um dos maiores vultos da animação mundial, Raoul Servais.

Sexta 29 | 18H30 | Cinemateca Portuguesa | Sala Luís de Pina

HARPYA, Raoul Servais, Bélgica, 1979, 9’

Harpya é uma curta-metragem escrita e dirigida por Raoul Servais  em 1979. É uma mistura de imagm real e animação e um misto de horror e comédia negra. Conta com a participação dos atores Will Spoor, Fran Waller Zeper e Sjoert Schwibethus. O filme ganhou a Palma de Ouro de Melhor Curta-Metragem no Festival de Cannes de 1979.

TAXANDRIA, Raoul Servais, França, Bélgica, Alemanha, 1994, 82’

Um faroleiro conduz um jovem príncipe para um mundo imaginário, Taxandria. Aqui o menino aprende sobre o poder do amor e o valor da liberdade.

Taxandria é a única longa-metragem de Raoul Servais.  Destaca-se pelo uso do estilo de animação inventado por Servais, que ficou conhecido por servaisgrafia.