A Estónia em destaque na Cinemateca Portuguesa

Conheça a programação da Cinemateca Portuguesa durante a MONSTRA, com ênfase na animação estónia. De 12 a 16 de março, às 18h30, temos sempre algo diferente para mostrar.

No dia 12, a exibição de Os Reis do Tempo: um documentário da autoria de Mait Laas que utiliza elementos de animação sobre Elbert Tuganov e Heino Pars – dois animadores e artistas que, apesar dos tempos de mudança, se tornaram mestres na sua área.

Dias 13 e 14, respetivamente, são exibidos os filmes Históricos da Estónia, divididos em duas partes. Tratam-se de curtas-metragens consideradas clássicas e que evidenciam como a animação deste país se reinventou ao longo dos anos.

Dia 15, Priit Tender apresenta-nos uma seleção dos seus filmes numa retrospetiva apresentada pelo próprio. A sua obra é conduzida por imagens surrealistas e obscenas, tendo sido premiada e indicada nos mais importantes festivais internacionais de curtas-metragens de animação.

Sexta 16 é a vez de Priit Pärn apresentar a 2ª parte da sua retrospetiva, com os filmes: Mergulhadores na Chuva (2010), Vida sem Gabriella Ferri (2008), Pilotos no Caminho Para Casa (2014).

Ainda durante o festival, e até 28 de março, está disponível a exposição Filmes da Estónia – Imagens de Filmes, em que a nossa atenção se centra em imagens dos mais variados filmes de animação estónia.