Cópia de Foto Andrea Basilio

 

 

 

 

 

 

 

 

Andrea Basílio

Nasceu em 1978, em Lamego. É a responsável pela programação infantil e juvenil da RTP. Estudou na Universidade Nova de Lisboa e começou a trabalhar na RTP2, no Triunfo dos Porcos, um magazine semanal. Aqui começou a paixão pela televisão. Fez ainda uma incursão pelo cinema, na produção de curtas-metragens. Já foi responsável pelos conteúdos e produção de muitos géneros televisivos. Nos últimos anos dedicou-se à produção de animação e programas para crianças.

 

 

Mauro Carraro

Nasceu no nordeste de Itália em 1984. Depois de estudar gravação, fotografia e design gráfico na Universidade Politécnica de Milão, continuou o seu percurso académico em França. Em 2010 formou-se na prestigiada Supifocom Arles onde estudou animação CG. Agora vive em Geneva, Suíça, onde trabalha na Nadasdy Film studio. A sua primeira curta de animação profissional “Hasta Santiago” recebeu o prémio de “Best Debut Film” no Festival de Annecy em 2014 e conquistou mais de duas dúzias de prémios pelo mundo inteiro. Foi membro de júri em alguns Festivais de cinema incluindo o Festival Internacional de Cinema de Krok, o Festival de Cinema de Varsóvia e fez parte do júri internacional do Best of the Best Animation Festival, de Seul.

 

 

Priit Tender

Nascido a 7 de fevereiro de 1971 em Tallinn, formou-se como professor de arte da Universidade de Tallinn em 1995. Trabalhou como co-artista no filme 1895 (1995) de Priit Pärn e Janno Põldma, no Eesti Joonisfilm Studio. Estreou-se como realizador no ano seguinte com “Gravitation”. A sua obra é conduzida por imagens surrealistas e obscenas, devido à notória influência do humor negro de Pärn. Os filmes de Tender receberam prémios e indicações dos mais importantes festivais de curtas-metragens de animação, nos quais se incluem os festivais de Annecy, Ottawa, Hiroshima, Dresden, Fredrikstad, Utrecht, entre outros.

 

 

Takashi Namiki

Nascido em 1952, no Japão. Foi membro da ANIDO, que foi instituída por animadores profissionais em 1967 e estudou filmes do mundo através do programa mensal de filmes da ANIDO. Em 1973, encontrou um trabalho como animador na Oh! Production e participou na produção de “Heidi” e “Grandizer (Goldorak)”, tendo sido escolhido como presidente da ANIDO. Publicou livros sobre filmes de animação. Coleciona filmes de animação e documentários para o seu arquivo pessoal, onde conta com mais de 5.000 títulos, tendo ainda alguns clássicos japoneses. Em 1998, foi lançado o seu primeiro filme, intitulado “Upon This Planet”.

 

 

Tó Trips

Nasceu em Lisboa em 1966. Em 91 e 93 vai ao Festival Reading e vem de lá repleto de ideias. Em 1993 forma os Lulu Blind. Fazem três discos e tocam pelo país onde abrem os concertos dos Xutos e Pontapés. Em 2000 forma uma banda com o seu companheiro Pedro Vargues, baixista dos Lulu – os Hi Fi. Em 2003 formou os Dead Combo com que gravou cinco álbuns. Compôs várias bandas sonoras para filmes de vários realizadores e também para teatro. Em 2009 resolve lançar um disco a solo: “Guitarra 66”. Hoje em dia toca com os Dead Combo, Timespine, Ladrões do Tempo e a solo.